Ditados Populares, nem tão Populares...

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010
Quem ri por último... é retardado.
Alegria de pobre... é impossível.
Quem com ferro fere... não sabe como dói.
Sol e chuva... vou sair de guarda-chuva.
Em casa de ferreiro... só tem ferro.
Devo, não pago... nego enquanto puder.
Quem tem boca... vai ao dentista.
Gato escaldado... morre.
Quem espera... sempre cansa.
Quando um não quer... o outro insiste.
Os últimos... serão desclassificados.
Carro a álcool... você ainda vai empurrar um.
Há males... que vem para pior.
Se Maomé não vai à montanha... então vai à praia.
A esperança e a sogra... são as últimas que morrem.
Quem dá aos pobres... paga a conta do motel.
Depois da tempestade... vem a gripe.
Devagar... nunca se chega.
Antes tarde... do que mais tarde.
Boca fechada... não fala.
Águas passadas... já passaram.
Em terra de cego... quem tem um olho é caolho.
Quem cedo madruga... fica com sono o dia inteiro.

1 comentários:

  1. Sonhadora disse...:

    Vento
    Linda imagem e lindos proverbios.

    beijinhos